Cia de Notícias - Conceito em Noticiar

Segunda-feira, 22 de Julho de 2024
Primeira parada da Expedição Rota das Águas contabiliza mais de 5 mil atendimentos.

Região Oeste

Primeira parada da Expedição Rota das Águas contabiliza mais de 5 mil atendimentos.

......

IMPRIMIR
Use este espaço apenas para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.
Um resultado parcial divulgado pelo Poder Judiciário de Mato Grosso mostrou que foram realizados 5.488 atendimentos na cidade de Salto do Céu, o primeiro município atendido na segunda etapa da 17ª edição do Ribeirinho Cidadão - Expedição Rota das Águas. Conforme o levantamento, os números são reflexo da grande quantidade de pessoas que conseguiram realizar diversos atendimentos em um único período.
 
Segundo o juiz coordenador da Justiça Comunitária, José Antônio Bezerra Filho, a localidade surpreendeu a todos pela receptividade e acolhimento. "Através do apoio local disponibilizado pelo poder público municipal conseguimos entregar um atendimento de excelência e de muita qualidade. Tivemos dezenas de pessoas que puderam ser atendidas em diversos eixos que compõem o nosso projeto, como, por exemplo, o eixo Justiça, Saúde e Cidadania", explicou o magistrado.
 
O aposentado Donisete Correia de Jesus é cadeirante e conseguiu resolver várias pendências em poucas horas. Ele passou pelo atendimento odontológico e realizou a profilaxia dental, um procedimento que promove a limpeza profissional dos dentes e evita a manifestação de doenças na boca, e também foi atendido pela Perícia Oficial e Identificação Técnica (Politec) para emissão da segunda via do seu documento de identidade.
"Eu adorei todo o atendimento! Fui muito bem recebido e consegui resolver algumas coisas que estavam esperando há muito tempo. Eu só tenho a agradecer e desejar que este projeto alcance ainda mais pessoas nas cidades por onde passar", disse o aposentado.
 
A senhora Elza Eni Gervásio Alves, de 68 anos, viúva e aposentada, procurou o mutirão para atendimento jurídico. Ela chegou com uma demanda relacionada a um processo de pagamentos retroativos do benefício da aposentadoria e após uma pesquisa detalhada nos autos processuais, a aposentada foi orientada pela equipe do Tribunal de Justiça de Mato Grosso e, em seguida, encaminhada à Defensoria Pública Estadual para dar andamento no seu processo.
"Eu estou muito agradecida, graças a Deus. Fui muito bem recebida. Eu ouvi o carro de som anunciando e eu consegui vir com a vizinha para resolver o meu caso. Já estou há muitos anos com esse problema e ninguém resolvia pra mim, agora eu tenho um norte e com fé em Deus vou conseguir o meu pagamento", agradeceu a aposentada.
 
Sobre o Ribeirinho Cidadão - O projeto Ribeirinho Cidadão é uma parceria entre o Poder Judiciário de Mato Grosso, Defensoria Pública Estadual e instituições estaduais e federais que levam justiça e cidadania para diversas localidades do estado. Nesta 17ª edição, o projeto alcançou novas cidades da região oeste mato-grossense e a segunda etapa do mutirão foi batizada de "Expedição Rota das Águas". Seis eixos compõem o projeto, são eles: Eixo Justiça, Eixo Saúde, Eixo Cidadania, Eixo Educação para o Trânsito, Eixo Educação Ambiental e Eixo Ciência, Cultura e Esporte.
São parceiros desta ação a Secretaria de Estado de Assistência Social e Cidadania (SETASC), Secretaria de Estado de Cultura, Turismo, Esporte e Lazer (SECEL), Secretaria de Estado de Saúde de Mato Grosso (SES), Proteção e Defesa Civil – Mato Grosso, Secretaria de Estado de Ciência, Tecnologia e Inovação - (SECITEC), Secretaria de Estado de Segurança Pública (SESP-MT); Perícia Oficial e Identificação Técnica (POLITEC), Polícia Militar, Polícia Civil, Corpo de Bombeiros Militar, Departamento Estadual de Trânsito (DETRAN), Exército Brasileiro, Grupo Especial de Fronteira (GEFRON), Secretaria de Estado de Educação (SEDUC), Instituto Nacional do Seguro Social (INSS), Receita Federal, Marinha do Brasil, Comissão Estadual Judiciária de Adoção (CEJA), Juizado Volante Ambiental (JUVAM) e os cartórios locais das cidades de Salto do Céu, Jauru e Porto Esperidião. 
FONTE/CRÉDITOS: assessoria TJ MT - foto reprodução
Comentários: