Cia de Notícias - Conceito em Noticiar

Segunda-feira, 22 de Julho de 2024
Com grande atuação de Lukas Bergmann, Brasil vence a Alemanha na Liga das Nações masculina.

Geral

Com grande atuação de Lukas Bergmann, Brasil vence a Alemanha na Liga das Nações masculina.

,.....

IMPRIMIR
Use este espaço apenas para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.

Sem Bruninho, que se recupera de um estiramento na panturrilha esquerda, o Brasil passou pela Alemanha com facilidade, nesta terça-feira, na estreia da segunda etapa da Liga das Nações Masculina de Vôlei (VNL) 2024, em Fukuoka, no Japão. Os comandados de Bernardinho venceram por 3 sets a 0, com parciais de 25/15, 25/16 e 25/15. Destaque para a excelente atuação de Lukas Bergmann. O ponteiro do Sesi Bauru atuou em grande nível em sua estreia e anotou 11 pontos no jogo. Lucarelli foi o maior pontuador brasileiro, com 16. O Brasil já está classificado para as Olimpíadas de Paris.

COMO FOI O JOGO 🏐

Apesar de ter começado atrás no início do primeiro set, o Brasil logo se recuperou e foi mostrando superioridade. O bloqueio começou a funcionar, principalmente com Flávio Gualberto. A seleção fechou rapidamente em 25 a 15. Lucarelli foi o maior pontuador brasileiro da primeira parte do jogo com seis pontos, seguido de Darlan com cinco.

Com Lukas Bergmann e Flávio Gualberto crescendo de produção no jogo, o segundo set foi também de muita tranquilidade para os comandados de Bernardinho. Lucarelli e Darlan foram novamente os maiores pontuadores brasileiros com quatro pontos para cada um. E o Brasil venceu por 25 a 16.

O terceiro set teve um panorama parecido com o segundo, com mais uma vez Lukas Bergmann se destacando. O ponteiro anotou oito pontos fundamentais na vitória por 25 a 15.

Retrospecto do Brasil

A Liga das Nações marca o retorno de Bernardinho ao comando técnico da seleção depois de sete anos. A campanha se iniciou com a derrota para Cuba, por 3 sets a 1, em jogo com muitos erros brasileiros e soberania dos cubanos. Depois, a equipe verde-amarela somou duas vitórias, respectivamente contra a Argentina (3x2), de virada, sob o embalo de Darlan, Lucarelli e Flávio, e a Sérvia (3x1), com uma atuação mais convincente da equipe. Porém, no último jogo da primeira etapa, contra a Itália, o Brasil perdeu de virada por 3 sets a 2. Contra a Alemanha, seguiram os ajustes visando os Jogos Olímpicos.

FONTE/CRÉDITOS: globo - foto reprodução
Comentários: